Category Archives: music

LNT / GentleJunk performances

Ricardo Palmieri and Kruno JoÅ¡t were together with Daniel Turing in LNT / GentleJunk performance at Liwoli festival, Linz Austria and LNT performance “I Love Noise” at Mala scena CZK in ÄŒakovec, Croatia.

Liwoli performance photolog >>

I Love Noise from GentleJunk on Vimeo.

Download video from ÄŒakovec performance:
OGG >>
CINEPAK >>

semaninha agitada, 20 speakers independentes e muita coisa pra aprender.

legal, chegou a hora de falar de trabalho – como se ate agora tudo tivesse sido soh gandaia e lazer.

estamos aqui em dubrovnil cumprindo o tradicional MMKamp, versao 2008. aqui neste link voce pode conferir a turma que ja andou participando desta e de outras versoes do evento.

a semana do dia primeiro de julho comecou de um modo bem curioso, com 4 caras da Suiça (marcus, martin, daniel e john) chegando em Lazareti com um dodecaedro de aproximadamente 3m de diametro para ser montado, e mais um rack pesando uns 200Kg, soh com placas de som la dentro. claro, a pergunta basica: pra que tudo isso? ate entao nao sabiamos, mas tinhamos uma informacao que eles montariam uma especie de instalacao sonora tridimensional, ou algo do genero.

este sistema usando um dodecaedro, chamado de Ambisonic, serve para suportar 20 speakers controlados por 20 canais diferentes. por isso o danado do rack de quase 200kg Рcheio de interfaces firewire, ampificadores e mixers, um luxo soh. coisa de sui̤o.

 

 

apos a montagem do sistema, discutimos com seria nosso processo, estabelecendo alguns horarios de trabalho (obviamente passamos o tempo todo hackeando a agenda, hehe)

 

 

proximo passo? comecar a troca informacoes. o primeiro “workshop” foi dado pelo prof. dr. Martin Neukon, chefe do instituto de ciencias da computacao de Zurich, falando um pouco sobre o comportamento/processamento do som dentro do sistema Ambisonic. uma aula bacana sobre amplitude e modulacao deixando a gente pensando como reproduzir estes efeitos usando cada um sua ferramenta (o martin usa PureData tb, mas os patches do Ambisonic sao todos feitos em Max/Msp e Mathematic).

 

no dia seguinte a apresentacao do Martin, Daniel Bisig, pequisador do laboratorio de inteligencia artificial da universidade de Zurich apresentou seu projeto principal, que faz o link com o Ambisonic: o ISO: Interactive Swarms Orchestra

iso

acima, algumas imagens geradas pelo sistema de swarms criado pelo daniel. a ideia basica eh que os swarms podem nao somente controlar os instrumentos desejados para a orquestra, mas tb a posicao deles no espaco. um trabalho muito interessante, mas falarei mais dele na proxima blogada, onde tentarei relacionar os processos tradicionais de producao de arte com processos onde a poesia esta embutida nos codigos, ou algo assim.

 

a proxima blogada eu farei em alguns dias, pois estamos tendo serios problemas aqui em dubrovnik para fazer upload de material na internet. mas assim q voltar pra krizevci, tudo sera resolvido 😉

 

hvala, bok.

 

ciao ciao

 

 

 

 

Semana de estudos em eletrônica e circuit bending, robôs e afins…

Entre as participações nos estivais em Zadar e Karlovac, ficamos uma semana em Kirzevci, uma cidade muito pequena a uma hora da capital Zagreb. Com a presença da amiga Anna, polonesa brasileira e integrante do Ipê, e Lesh, um hacker que nos trouxe um robô feito de furadeiras, passamos uma semana abrindo velhas tralhas eletrônicas, tentando tirar som de circuitos elétricos, construindo esquemas com circuitos integrados do zero (daonde saiu a construção do SonZeira- Gerador de Som Estranho adapatado do site MusicFromOuterSpace).

Foi uma semana muito bacana de experimentações e aprendizados, só que no final, pressionados pela participação no Festival Nepkoreni Grad em Karlovac, tivemos que apressar a formulação de um produto para fazer uma “performance”: Uma caixa chamada “Kriszevci SOund Band” uma idéia ótima mas que foi feita as pressas, e a festa Toninho Malvadeza Morreu, antes ele do que eu”.

O ideal seria levar o lab que tínhamos montado para o festival e continuar as pesquisas e afins, mas a fetichização do produto e da obra arte nos levou a esse caminho tortuoso do mundo dos artistas onde tudo é superficial e sem sentido como aconteceu no Nepokoreni Grad. Vou falar mais sobre isso em outro post sobre a quantidade de festivais financiados pelo governo e da profissionalização.

Mas de qualquer maneira, foi uma semana bacana e proveitosa. ALgumas fotos aqui, e o som da “Sinfonia nº1 – dos atentados terroristas e dos financiamentos estatais” feito com o “Sonzeira-Gerador de SOm eSTRANho” e publicado no site Rádio Janela e que tambémpode ser escutado aqui:

Orgão Natural

Com buracos feitos sob medida nessa praia de ladrilho, o movimento do mar porduz uma pressão atmosférica que através dos oríficios que saem do chão, se ouve uma variação de notas e timbres muito bonita. É um PD natural Muita gente fica a noite, quando o sol é mais fraco, ouvindo o ruído que sai do chão e fica mais alto e nervoso quando um barco passa perto.

Gravamos alguns trechos :

our “march” from conSerto

today is “march” 24th.

The existence of two words with same sonority but different spelling in brazilian-portuguese: concerto-conserto, became the metaphor for the discussion of this two meanings putted in the same layer. In portuguese “Concerto” means musical ritual and “Conserto” means “to fix” something.
Something is beeing lost since industrial “revolution” tossed us into a dimension where “technology” is generelly understood just as “devices” for “progress”.
Mankind has developed amazing skills in search for new languages. Computer Languages are something like Musical or Poetic languages. “Open Source” is a metaphor of a better approach for exchange cultural specificities that makes each individual a unique part of our universe.

kernel_room.jpg

rakija!